Tiros no rosto! Ex-piloto da Moto GP mostra resultado de atentado sofrido


O ex-piloto da Moto GP, Miguel Duhamel, de 52 anos, sofreu um atentado com uma arma de ar comprimido no Estados Unidos, sobreviveu, e relatou o momento de desespero nas redes sociais. O ex-atleta da Yamaha e da Honda afirmou que andava de bicicleta quando foi surpreendido por um carro e sentiu uma rajada de tiros. O boné e o capacete que ele usava o protegeram, mas não evitaram a cicatriz mostrada em seu Instagram.

O ex-piloto foi socorrido por paramédicos que estavam próximo do local. Duhamel participou da Moto GP em duas ocasiões: Em 1992, ficou em quinto lugar no GP do Brasil pilotando uma Yamaha. Em 1995 se tornou o primeiro canadense a vencer um SuperBike. Em 2007 ele voltou a Moto GP e disputou uma temporada pela Honda.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também