Tiquinho Soares, do Botafogo, elogia trabalho de Luís Castro e revela motivo por ter retornado ao país

Tiquinho elogiou o trabalho de Luís Castro (Foto: Vitor Silva/Botafogo FR)


Tiquinho Soares chegou ao Botafogo em agosto deste ano e vem dando conta do recado. Com quatro gols em 11 partidas, o atacante celebrou seu retorno ao país e projetou esta reta final de Brasileirão.

+ Daniel Alves e Thiago Silva no topo! Veja quais são os brasileiros mais velhos em Copas do Mundo

- Eu voltei porque nunca joguei em alto nível no futebol brasileiro. Eu não queria voltar mais tarde, em uma idade mais avançada. Quis estar perto de casa, ter a oportunidade de os meus familiares me verem em campo. Quando surgiu a proposta do Botafogo, meu pai e minha mãe gostaram muito, porque poderiam me ver jogando. Os jogos do Olympiacos não passam muito na TV daqui... Esse foi um dos grandes motivos para voltar depois de tanto tempo - declarou Tiquinho em entrevista ao "ge".


- Esses últimos jogos são essenciais. Sabemos o que queremos, qual é o nosso objetivo. O foco é total para a reta final do Campeonato Brasileiro. Todos os jogadores, comissão, todo mundo está focado nesse objetivo. Queremos dar alegria à torcida nessa reta final - completou.

+ Luis Henrique relembra estreia pelo profissional do Botafogo e projeta reta final do Brasileirão

Após um início conturbado, Luís Castro conseguiu dar uma cara ao elenco alvinegro e vem conseguindo obter resultados positivos no Brasileirão. Ao ser questionado, Tiquinho ressaltou a versatilidade do trabalho do treinador.


- O professor Luís Castro já demonstrou que trabalha com diversas formações. Não tem uma só, a mais adequada. E isso é bom, porque tira o melhor de cada jogador. O objetivo é sempre melhorar, para dar alegria aos torcedores. Independentemente de qualquer formação que o professor vá utilizar, ele pode contar comigo sempre. Para qualquer posição, qualquer momento da partida.