Times russos excluídos de competições pela Uefa recorrem no Tribunal Arbitral do Esporte

CSKA Moscou, Zenit St. Petersburgo, Dínamo de Moscou e PFC Sochi entraram com um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) (AFP/FABRICE COFFRINI) (FABRICE COFFRINI)

Quatro times de futebol russos anunciaram nesta sexta-feira que entraram com um recurso no Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) contra sua exclusão das competições europeias em 2022-2023, decidida pela Uefa devido ao conflito na Ucrânia.

"Nosso clube, assim como três outras equipes da Premier League russa, Zenit St. Petersburgo, Dínamo de Moscou e PFC Sochi, recorreram no Tribunal Arbitral do Esporte de Lausanne contra a decisão da Uefa tomada em 2 de maio de 2022 de excluir as equipes russas das competições europeias", disse o CSKA Moscou em um comunicado.

"Todas as equipes solicitaram que sua reclamação seja examinada com urgência", explica o comunicado.

O CSKA Moscou "almeja participar das competições europeias", acrescenta.

No início de maio, a Uefa anunciou que "nenhum clube russo" participaria durante a temporada 2022-2023 em competições europeias, ou seja, na Liga dos Campeões, na Liga Europa ou na Conference League.

Essa dura medida veio para reforçar o isolamento do futebol russo, já excluído no final de fevereiro pela Fifa da Copa do Mundo de 2022 no Catar.

A decisão tomada pela Uefa privou o Zenit de São Petersburgo, campeão da liga russa em 2022, da sua classificação direta para a fase de grupos da próxima Liga dos Campeões.

bur/desk/dam/gr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos