Times que brigam para não cair na Premier League pedem para que entidade investigue Everton

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Everton pode ser punido por descumprir regras financeiras (OLI SCARFF/AFP)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Brigando contra o rebaixamento, Leeds United e Burnley escreveram uma nota para a Premier League, pedindo que a liga investigue o Everton por supostamente descumprir as regras de gastos da entidade durante a pandemia, com direito a ação legal.


Segundo o jornal "The Times", os dois clube pediram para que a entidade investigue as despesas do Everton, que nos últimos três anos chegou a 370 milhões de libras. O valor de gastos permitido pelas regras de fair play financeiro é de 105 milhões, apesar dos ajustes que flexibilizaram as normas durante a pandemia.

+Quem será o campeão? Simule a rodada final da Premier League

Em suas últimas contas, o Everton disse que 170 milhões de libras de suas perdas estavam relacionadas à pandemia. O Aston Villa colocou seu valor em 56 milhões de libras e o Arsenal disse que 86 milhões de libras foram perdidos por causa do Covid.

+Quem leva na Inglaterra e na Itália? Saiba como estão as disputas por título nas ligas da Europa

Leeds e Burnley querem que a liga nomeie uma comissão independente para analisar os registros do Everton e decidir sobre medidas disciplinares, caso sejam consideradas apropriadas. Nenhum dos clubes quis comentar publicamente a carta. Entre as punições estão multas e perda de pontos.

O Everton se livrou do rebaixamento ao vencer o Crystal Palace na última quinta. Leeds e Burnley ainda brigam contra o descenso e decidem seus destinos neste domingo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos