Com time questionado, Roger não pretende mudar esquema do Galo

O futebol apresentado pelo Atlético-MG nos últimos jogos não agrada. Embora tenha vencido o Sport Boys, na quinta-feira, por 5 a 2, e empatado, teoricamente fora de casa, com a URT, neste domingo, pelo Campeonato Mineiro, o Galo é criticado pela torcida.

Diante disso, o técnico Roger Machado foi questionado se é necessária uma mudança no esquema tático, colocando novamente três volantes. O treinador, entretanto, não vê problemas na atual formação da equipe.

“Com o tripé de volantes no meio, você fica com o time bastante pesado, e os lados vão precisar ser preenchidos de qualquer forma. Não pode ficar sete marcando e três livres. Não existe mais esse tipo de jogo. Hoje todos têm que marcar. Se os volantes marcam os lados, o meio fica aberto. O futebol pede que todos marquem e todos joguem”, destacou.

O questionamento sobre Roger seria a possibilidade de colocar Adilson no time, jogando com três volantes, mas tendo em vista que Elias se afirmou em grandes equipes, como Corinthians e Flamengo, por ser um atleta que joga como terceiro homem de meio campo, mais livre.

O atual esquema atleticano é o 4-1-4-1, com Rafael Carioca sendo o primeiro volante e Elias mais adiantado na linha de quatro jogadores ao lado de Robinho, Cazares e Otero.