Com time desfalcado, Coxa perde para o Londrina. PSTC e Toledo rebaixados

Com um time totalmente desfigurado, o Coritiba foi ao norte do Estado e perdeu para o Londrina por 1 a 0, pela última rodada da primeira fase do Campeonato Paranaense 2017, no estádio do Café. Com o resultado, o Coxa ficou com a vice-liderança, com 20 pontos. Já a equipe alviceleste, com 16 pontos, fechou na quinta posição.

O Alviverde perdeu Leo Santos expulso logo no início da segunda etapa, dando mais fôlego ao Tubarão, que chegou ao gol aos 24 minutos, em cobrança de pênalti de Germano, que pela terceira vez na competição converteu com tranquilidade.

Pelas quartas de final, o Londrina enfrenta o JMalucelli, com a decisão a vaga em Curitiba. Já o Coritiba, que decide no Couto Pereira, encara o Cascavel.

O jogo – O Tubarão mostrou seu cartão de visitas logo no primeiro ataque, com Bosel servindo Paulo Rangel, que chutou para defesa de Wilson. O troco veio na sequência, com Filigrana cruzando e Léo Santos testando para ótima intervenção de César. Londrina no ataque, aos quatro minutos, depois de confusão na área e rebote de WiIson, Germano arrematou em cima da defesa.

O Coxa tentava chegar pela ponta e, aos 12 minutos, Tiago Real bateu cruzado e Ayrton apareceu no caminho para cortar. O ritmo caiu um pouco, mas aos 20 minutos Paulo Rangel fez a adrenalina subir com um arremate de primeira que obrigou Wilson a fazer grande intervenção.

O Londrina reequilibrou as ações e chegava com mais perigo, como aos 24 minutos, com Marcondes cabeceando sem marcação, pela linha de fundo. Aos 33 minutos, Léo Santos fez a jogada individual para cima da zaga, mas o chute saiu fraco, fácil para César. O time da casa marcava forte e mantinha a posse de bola.

Para a segunda etapa, as equipes retornaram sem mudanças. A partida retornou muito truncada e, aos oito minutos, Léo Santos após tomar dois cartões, foi expulso, deixando o Coritiba com um a menos em campo. Com isso o Alviverde foi obrigado a se trancar mais. Aos 20 minutos, Brandão apareceu na frente da área e foi travado na hora do chute. Porém, aos 23 minutos, Carlinhos derrubou Paulo Rangel na área e o árbitro marcou o pênalti, convertido por Germano.

A equipe alviceleste estava mais próxima do segundo do que tomar o primeiro, mesmo sem pressionar muito. Aos 36 minutos, Walisson Maia furou de frente para o gol, Paulo Rangel apareceu, mas o árbitro anotou impedimento. Aos 42 minutos, Brandão teve a grande chance para fazer o segundo, aos 42 minutos, mas na cara do gol desperdiçou.

Outras partidas – Outras quatro partidas definiram classificados e rebaixados do Estadual. O Prudentópolis bateu o Cianorte por 1 a 0 em confronto de dois times já classificados. Dependendo de uma combinação improvável de resultados, o PSTC bateu o JMalucelli por 1 a 0, mas foi insuficiente para manter a equipe de Cornélio Procópio na primeira divisão.

Em um duelo de desesperados, o Toledo não resistiu e também caiu após perder por 2 a 0 para o Cascavel que, de candidato à degola, terminou a fase com uma vaga na sequência da competição. Na Estradinha, o Rio Branco escapou da degola e tirou a vaga do adversário ao bater o Foz do Iguaçu por 1 a 0.

LONDRINA 1 X 0 CORITIBA

Local: Estádio do Café, em Londrina (PR)

Data: 29 de março de 2017, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Lucas Paulo Torezin

Assistentes: Victor Hugo Imazu dos Santos e Jefferson Cleiton Piva da Silva

Cartões amarelos: Léo Santos (Coritiba)

Cartão vermelho : Léo Santos (Coritiba)

Gols

LONDRINA: Germano, aos 24 minutos do segundo tempo

LONDRINA: : César; Igor Bosel, Marcondes, Matheus Borges e França (Brandão); Ayrton, Yayá (Marcinho), Germano, Paulo Rangel; Fabinho (Rafael Gava) e Robinho.

Técnico: : Claudio Tencati

CORITIBA: Wilson; Dodô, Walisson Maia, Márcio, Carlinhos; Edinho (Daniel), Thiago Lopes (Fabrício), Tiago Real, Kady (Índio); Léo Santos e Filigrana

Técnico: Pachequinho