Tiger Woods revela que quase amputou perna e que voltará a jogar de forma “parcial”

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Tiger Woods
    Tiger Woods
    Golfista norte-americano
Woods sofreu grave acidente automobilístico em fevereiro deste ano. Foto: Mike Ehrmann/Getty Images
Woods sofreu grave acidente automobilístico em fevereiro deste ano. Foto: Mike Ehrmann/Getty Images

Um dos maiores nomes da história do golfe e do esporte, o norte-americano Tiger Woods anunciou que não deverá mais jogar de forma “integral” o circuito da modalidade após se recuperar de um grave acidente de carro que, por pouco, não o fez ter uma perna amputada.

Em fevereiro, Woods se envolveu em uma colisão em estrada em Rancho Palos Verdes, próximo a Los Angeles. Na ocasião, a polícia revelou que o atleta teve “sorte de ter sobrevivido”. 

Leia também:

Em entrevista à revista “Golf Digest”, o golfista anunciou que deve voltar aos campos, mas para torneios cuidadosamente selecionados e que, aos 45 anos, tem consciência de que jamais voltará a ser o atleta de antes.

"Acho que algo realista é jogar o circuito um dia, nunca em tempo integral, isso, nunca mais. Escolher alguns eventos por ano e jogar. Você pratica em torno disso e se prepara para isso. Acho que é assim que terei de jogar de agora em diante. É uma realidade desafortunada, mas é a minha realidade. E eu entendo e aceito isso", afirmou.

"Não preciso competir e jogar contra os melhores jogadores do mundo para ter uma boa vida. Após minha cirurgia nas costas, tive que escalar o Monte Everest mais uma vez. Eu tinha que fazer isso e fiz. Desta vez, não acho que terei corpo para escalar o Monte Everest, e tudo bem. Ainda posso participar do golfe. Ainda posso, se minha perna ficar boa, disputar um torneio aqui ou ali. Mas no que diz respeito a escalar a montanha novamente e chegar ao topo, não acho que seja uma expectativa realista da minha parte", completou.

Perna por pouco não foi amputada

Tiger Woods também falou sobre a reabilitação das lesões que sofreu no acidente. A estrela do golfe revelou que, por pouco, não teve que amputar uma das pernas, tamanha a gravidade das lesões, e que jamais vai se recuperar 100%. 

Com fraturas expostas, ele teve de passar por cirurgia para inserir uma haste de metal na tíbia, além de colocar parafusos para dar suporte aos ossos do pé e tornozelo. 

"Houve um tempo em que estive perto de sair do hospital com apenas uma perna", revelou.

Um dos grandes atletas da história do golf, Woods tem mais de 100 títulos profissionais, sendo cinco Masters, três US Open, quatro PGAs e três The Open.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos