Tianjin Tianhai entra com pedido de falência e pede para deixar a liga chinesa

AFP
Tianjin Tianhai, então conhecido como Tianjin Quanjian, chegou às quartas de final da Liga dos Campeões da AFC em 2018
Tianjin Tianhai, então conhecido como Tianjin Quanjian, chegou às quartas de final da Liga dos Campeões da AFC em 2018

O Tianjin Tianhai entrou com um pedido de falência e deixará a Super Liga Chinesa (CSL) devido a seus sérios problemas econômicos, informou a assessoria de imprensa do país nesta segunda-feira.

De acordo com o Beijing News, os dirigentes do clube do noroeste da China apresentaram um pedido de retirada da CSL na próxima temporada.

Este movimento pode favorecer o Shenzhen FC, que ocuparia o lugar de elite apenas alguns meses após seu rebaixamento.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Criado em 2006, o Tianjin Tianhai, então chamado Tianjin Quanjian, estreou na segunda divisão em 2011 e teve estrelas como o brasileiro Pato e o belga Axel Witsel em seu elenco.

Seu melhor ano foi 2017, a primeira temporada em que jogou na elite, quando terminou em terceiro no campeonato chinês sob o comando do ex-craque italiano Fabio Cannavaro.

Mas o fundador do grupo Quanjian e presidente do clube, Shu Yuhui, foi preso em janeiro de 2019 por atividades ilegais de marketing.

O clube mudou de nome e perdeu muitos de seus melhores jogadores, o que o levou ao 14º lugar no campeonato de 2019, evitando por pouco o rebaixamento para a segunda divisão.

Leia também