Tia Má: “O racismo no Brasil não é velado, ele é verdadeiro e cruel”

Yahoo Vida e Estilo

A jornalista, escritora e humorista Maíra Azevedo, a Tia Má, é uma das vozes mais importantes da atualidade, e não apenas por conta do seu ativismo contra o racismo desde sempre. Mas também por conta do seu posicionamento sempre pontual, principalmente, quando o assunto é relacionamento. Maturidade emocional, temos aqui. Cada frase uma aula.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 minuto e receba todos os seus e-mails em um só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Siga o Yahoo Vida e Estilo no InstagramFacebook e Twitter, e aproveite para se logar e deixar aqui abaixo o seu comentário

Mas claro que diante do levante da #Vidaspretasimportam não tínhamos como não falarmos sobre isso no Yahoo Entrevista com essa ativista.

Quando você é uma pessoa preta, o racismo, infelizmente, é uma coisa natural na sua vida

“Uma das maiores mentiras que a gente tem aqui no Brasil é de que o racismo aqui é velado. Mas isso é uma grande mentira, uma grande falácia, porque quem é preto, quem é preta, aqui sabe quantas vezes já foi discriminado e já foi discriminada. O racismo aqui não é velado, o racismo é verdadeiro, cruel e nos acompanha todos os dias", diz Tia Má, que cresceu e mora em Salvador, na Bahia. A capital baiana concentra a maior população negra do Brasil, e ainda assim, a jornalista afirma que é uma das mais racistas.

"Salvador é a cidade mais preta fora da África, mas é também uma das cidades mais racistas para você conviver, porque a elite (quem tem dinheiro em Salvador) continua sendo o povo branco", afirma Tia Má.

Leia também