Tia de Daniel revela que recebeu pênis do jogador em caixa

Foto: Daniel – São Paulo (Gazeta Press)
Foto: Daniel – São Paulo (Gazeta Press)

Tia do jogador Daniel, assassinado com crueldade em 2018, Regina Correa revelou que a família do atleta recebeu o pênis dele em uma caixa alguns dias depois do crime. Ela participou de audiência de instrução sobre o crime na terça-feira em São José dos Pinhais.

“Depois de 20 dias, perguntei o que tinha sido feito com o corpo Daniel. A gente queria fazer o enterro completo. O IML mandaria a parte cortada dele. Foi o pior dia da minha vida. Receber aquela caixa com o pênis cortado. Pelo que eu soube dos depoimentos, ele foi muito machucado”, revelou Regina Correa.

Decepado no dia do assassinato, o pênis de Daniel foi enviado pelo IML à funerária responsável pelo enterro do jogador. Depois de repassado à família, o órgão foi colocado junto ao corpo.

O empresário Edison Brittes confessou ter assassinado Daniel no dia 27 de outubro depois de o jogador ter supostamente ter tentado manter relações com a mulher dele, Cristiana Brittes.

Edison, Cristiana, a filha do casal, Allana, e mais quatro pessoas estão presas preventivamente acusadas de participação no assassinato do ex-jogador de Botafogo e São Paulo.

Leia também:
Chape repudia humorista do SBT por piada macabra
Fla e MP não concordam em indenização de vítimas
Ganha força ideia de realizar Copa América em 2020

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos