Thiem derrota Nadal nas quartas de final do Aberto da Austrália

AFP
Dominic Thiem comemora a vitória sobre Rafael Nadal no Aberto da Austrália, 29 de janeiro de 2020
Dominic Thiem comemora a vitória sobre Rafael Nadal no Aberto da Austrália, 29 de janeiro de 2020

O espanhol Rafael Nadal, número um do mundo, foi eliminado nas quartas de final do Aberto da Austrália pelo austríaco Dominic Thiem (5º), que venceu com parciais de 7-6 (7/3), 7-6 (7/4), 4-6 e 7-6 (8/6).

"Eu tive sorte nos momentos cruciais, a rede estava a meu favor", afirmou Thiem, lembrando do penúltimo ponto da partida, quando uma bola rebatida pelo austríaco tocou na fita e morreu na quadra de Nadal.

Ao término de uma partida muito intensa, tanto física como emocionalmente, o austríaco de 26 anos, que tinha perdido para Nadal nas duas últimas finais de Roland Garros, avançou pela primeira vez na carreira às semifinais em Melbourne.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

"É claro que estou triste. Perdi a oportunidade de estar nas semifinais de outro Grand Slam", declarou Nadal na coletiva de imprensa pós-jogo. "Mas perdi para um grande adversário. E ele mereceu ganhar. O felicito", completou o espanhol.

A derrota faz com que Nadal, de 33 anos, tenha que esperar pelo menos mais um ano para se tornar o primeiro tenista da era Open, e somente o terceiro da história, a ganhar duas vezes os quatro principais torneios do tênis, após Roy Emerson e Rod Laver.

O espanhol perderá a primeira posição no ranking mundial caso o sérvio Novak Djokovic, atual número 2 do mundo, for campeão do Aberto da Austrália. Djokovic enfrenta o suíço Roger Federer (3º) na outra semifinal.

Por uma vaga na final, Thiem medirá forças com o alemão Alexander Zverev (7º), que mais cedo eliminou o suíço Stan Wawrinka (15º) em quatro sets, 1-6, 6-3, 6-4, 6-2.

Leia também