Thiago Silva fala em 'motivação a mais' com público e vê desafios para o Brasil na final da Copa América

·2 minuto de leitura


O zagueiro Thiago Silva reconheceu que está prestes a atuar em uma partida simbólica para sua trajetória com a camisa da Seleção Brasileira. Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (10), o capitão da equipe canarinha falou sobre a responsabilidade de estar em campo no tradicional Brasil e Argentina, pela final da Copa América, no sábado (11), às 21h, no Maracanã.

- Olha, Brasil e Argentina é sempre muito especial de ser jogado. Nem se fala nesse momento, uma final de Copa América, que diz várias coisas. São duas seleções que, na minha visão, são as duas melhores da América do Sul neste momento. nada mais justo do que se enfrentar numa final de Copa América - e detalhou o que significa jogar no Maracanã:

- Já passei momentos especiais no Maracanã, de glória, mas também tristes como a final da Libertadores. Essa final pode coroar os momentos que passei de felicidade e mesmo aqueles de tristeza - completou.

> Brasil ou Argentina: quem leva a melhor posição por posição? VOTE!

O defensor falou sobre o Maraca receber público no confronto deste sábado. Em decreto divulgado no Diário Oficial, a Prefeitura do Rio de Janeiro permitiu em caráter excepcional, a presença de 10% da capacidade do estádio destinada a convidados da Conmebol.

- Mais importante é estarmos preparados. Claro que fica outro contexto, mesmo com 10% da capacidade do estádio, mas é uma motivação a mais. Não é um ambiente ideal, mas pouco a pouco são coisas que vão acontecer, como é na Europa. Sabemos que o momento (da escalada da Covid-19) é difícil, mas o importante é dar o melhor para que a gente possa voltar pouco a pouco ao normal - disse.


O jogador de 36 anos falou sobre o desafio de conter o ímpeto do Messi, astro da seleção da Argentina.

- Temos nossa forma de jogar, nunca deixamos isso de lado, acreditamos no nosso jogo. Mas a dificuldade é outra, pois tem o Messi, um cara que desequilibra. É quase impossível anular um jogador desse gabarito - declarou.

Thiago Silva se manifestou sobre a reação áspera de Neymar nas redes sociais sobre brasileiros que torcem contra a Seleção em um duelo com a Argentina.

- No meu modo de ver é inimaginável, quando tem Brasil eu sou Brasil independente da modalidade que esteja em campo. Mas não adianta a gente falar que é contra isso ou aquilo, cada um faz a escolha que acha melhor para sua vida, embora fique uma discordância minha, por ser brasileiro e acreditar sempre no Brasil, mas as pessoas têm vontades próprias, não só no futebol mas em qualquer área você faz escolhas, e acaba que isso de alguma forma você é contra o seu país. Fica meu respeito, mas também minha discordância - declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos