Thiago Silva atinge marca histórica pela Seleção Brasileira em Copas

Thiago Silva bateu recorde de número de jogos como capitão pela Seleção (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)


Nesta sexta-feira, a Seleção Brasileira entrou em campo para enfrentar a Croácia pelas quartas de final da Copa do Mundo do Qatar já com uma marca histórica batida: a de capitão que mais vezes vestiu a braçadeira pelo Brasil em Mundiais. E esse status ficou com Thiago Silva, que usou a faixa pela 12ª vez e superou nomes como Dunga e Cafu, que detinham esse recorde com a Amarelinha.

> Veja a tabela e o simulador da Copa do Mundo-2022 clicando aqui

Escolhido para essa função nesta Copa de 2022, Thiago já havia sido capitão nos últimos Mundiais de 2014 e de 2018. Nesta edição, ele acabou não sendo o portador da braçadeira somente diante de Camarões, quando Tite optou por utilizar uma equipe reserva e o time acabou derrotado por 1 a 0.

Cafu (2002 e 2006) e Dunga (1994 e 1998) eram os detentores do recorde de mais vezes como capitães da Seleção Brasileira em Copas, cada um com 11 partidas. Diante da Coreia do Sul, eles já haviam sido igualados por Thiago, e agora, contra a Croácia, acabaram sendo superados.

> AO VIVO: acompanhe em tempo real os passos da Seleção Brasileira na Copa do Mundo

Antes disso, Thiago Silva já havia se destacado com o outro recorde: o de mais Copas como capitão do Brasil. O zagueiro foi portador da braçadeira em três Mundiais diferentes (2014, 2018 e 2022), superando também os históricos Cafu, Dunga, e Bellini (1958 e 1962).

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.