Thiago Santos se diz pronto para ser titular e espera jogo duro na Bolívia

O técnico Eduardo Baptista já havia mostrado confiança em Thiago Santos para substituir Felipe Melo contra o Jorge Wilstermann, nesta quarta-feira, pela Copa Libertadores, e desta vez foi o próprio camisa 21 que mostrou otimismo com a titularidade. Assim como o treinador, o volante falou sobre sua evolução com a bola no pé.

“Venho trabalhando bastante, sempre me cobraram para trabalhar a saída de bola. Espero que eles não sintam (a ausência do Felipe Melo). Todos sabem da qualidade que ele tem e o que acrescenta ao elenco, mas venho trabalhando forte para quando o Eduardo precisar de mim eu dar conta”, comentou Thiago Santos.

O camisa 21 entrará na vaga de Felipe Melo, suspenso preventivamente por três jogos pela batalha de Montevidéu. O jogo contra o Jorge Wilstermann será, inclusive, o primeiro após a confusão no Uruguai. A expectativa é por outro confronto duro pela Libertadores.

“É um time que briga bastante. Na Libertadores todo time é difícil de se jogar. É (uma competição) diferente, não dão muita falta como no Brasil, em que qualquer esbarrão o juiz para o jogo. Não é a mesma coisa. E a equipe deles é de pegada”, completou.

O Palmeiras chegou à Bolívia no início da tarde desta terça-feira e, nesta noite, faz um treinamento no Estádio Félix Caprilles como reconhecimento do gramado. A atividade terá 30 minutos liberados para presença da imprensa.

Leia mais:

Galiotte tem reunião na Conmebol sobre confusão no Uruguai

Após modelo principal, vazam outras possíveis novas camisas do Verdão

Palmeiras e Jorge Wilstermann se enfrentam nesta quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), pela quinta rodada da Copa Libertadores. O Verdão precisa de apenas um empate para garantir a primeira colocação do Grupo 5 da Copa Libertadores. A equipe lidera a chave com dez pontos ganhos, quatro a mais que o rival boliviano. Na sequência, Atlético Tucumán soma três pontos, e Peñarol dois.