Thiago Neves, sobre treta com Ceni no Cruzeiro: 'Falou que o time era velho. Dedé começou a chorar'

LANCE!
·1 minuto de leitura


Thiago Neves revelou bastidores da relação conturbada que teve com Rogério Ceni durante a passagem dos dois pelo Cruzeiro, em entrevista divulgada pelo canal 'Pilhado', no Youtube. Segundo o jogador que atualmente defende o Sport, o treinador, que está no Flamengo, teria desrespeitado o elenco na primeira reunião entre eles.

+Confira a tabela do Mineirão e simule os resultados

- Rogério Ceni chegou no Cruzeiro dando porrada em todo mundo na primeira reunião. Ele chamou nove jogadores do time... Edílson, Fábio, Dedé, Egídio, e veio perguntando a idade. Falou que o time era muito velho para o jeito que ele queria jogar. Mas sendo que éramos bicampeão mineiro e da Copa do Brasil. Calma aí, né? Chega devagar, respeitando - disse.

O jogador relembrou que o racha final na relação com o treinador aconteceu quando Dedé pediu a palavra em um momento de oração, para defender os jogadores mais experientes da equipe. Segundo Thiago, Ceni faltou com respeito com o zagueiro, que acabou chorando.

- O problema maior dele foi com o Dedé. Ele faltou respeito com o Dedé em uma oração. Azar dele que estava a diretoria toda junta na roda. Ele chegou com o ego muito avançado, se achando demais. (Na oração) o Dedé pediu a palavra. Me defendeu, disse: 'Rogério, você não precisa ser amigo do Thiago, mas tem que respeitar. Uma coisa te garanto, a gente precisa dele' - começou.

- Ai ele falou: 'Dedé, quando você terminar sua reuniãozinha você me chama' e saiu. Todo mundo estava abraçado. O Dedé começou a chorar de nervoso, nunca vi ele tão nervoso. Fábio ficou revoltadíssimo. Ali rachou. O Itair (Machado, ex VP de futebol) falou: ‘Ele não treina mais o Cruzeiro’ - contou.