Thiago Mendes ganha liberdade com Ceni e fica 'mais solto' no São Paulo

Guilherme Amaro

Desde que Rogério Ceni assumiu o comando do São Paulo, Thiago Mendes tem atuado mais como um meia do que um volante. O jogador ganhou liberdade para atacar com o treinador e está "se soltando".

Thiago Mendes não diz publicamente, mas prefere atuar mais avançado. Em 22 jogos nesta temporada, ele marcou quatro gols. No ano passado, por exemplo, terminou com os mesmos quatro gols, após 62 partidas disputadas.

- O Rogério me deu muita liberdade para chegar ao ataque desde a sua chegada, e eu estou chegando e podendo fazer gols. Era o que eu esperava desde um tempo atrás e não estava acontecendo. É uma outra forma de jogar, estou me soltando ainda - afirmou Thiago Mendes, em entrevista coletiva na última terça-feira.

Na mesma entrevista concedida na sala de imprensa do CT da Barra Funda, o meio-campista admitiu dificuldade para entender o que Rogério Ceni tem pedido aos jogadores. Thiago Mendes, porém, aprova a ideia ofensiva do treinador.

Desde que chegou ao Tricolor, Thiago Mendes só teve a mesma liberdade com o técnico Juan Carlos Osorio. Com Muricy Ramalho, Doriva, Edgardo Bauza e até Ricardo Gomes, o jogador atuou mais preso no meio de campo. Agora com Ceni, Thiago Mendes já igualou o número de gols marcados em 2016 e agora busca melhorar seu desempenho com a camisa são-paulina.

- Eu nunca estou satisfeito com o que venho apresentando, sempre penso em fazer mais para ajudar o São Paulo. A gente vinha de treinadores que não jogavam da mesma forma que o Rogério está implantando aqui no São Paulo. Ele está colocando em prática e espero que dê certo - disse Thiago Mendes.









E MAIS: