Thiago Mendes afirma que Ceni não gosta de ser chamado de professor

Thiago Mendes vem sendo um dos destaques do São Paulo, conseguindo ter boas atuações defensivas e atacando mais. O volante comentou os motivos dele estar jogando de forma mais solta e ocupando mais o campo e ainda revelou como o treinador Rogério Ceni gosta de ser chamado.

“Acho que isso é o trabalho do Rogério Ceni, ele está me dando mais liberdade para chegar lá na frente. Mas eu tenho minhas responsabilidades. Primeiro tem que marcar e depois atacar. O trabalho que o Rogério vem fazendo no São Paulo está me ajudando bastante a fazer essa função de defender e atacar”, afirmou Thiago Mendes em entrevista ao Sportv. “Ele não gosta de ser chamado de professor. Ele gosta de ser chamado de Rogério mesmo. Quando o grupo está focado no objetivo, tudo dá certo. O que ele vem implantando é uma coisa diferente. O único que implantou isso para mim foi o Osório. É um jeito diferente de jogar. É um trabalho diferente que eu não tinha feito”.

Além disso, o jogador de 24 anos falou de um assunto muito comentado nesta temporada no Tricolor: o ataque marca muitos gols, mas a defesa também sofreu muitos gols. Em 2017, o time de Rogério Ceni já tomou 17 gols, entretanto balançou as redes adversárias 29 vezes.

“Nosso time ficou mais ofensivo. Nesse ano, nós estamos começando a fazer bastante gols e sofrendo um pouco lá trás, mas estamos buscando o equilíbrio e queremos evitar que isso aconteça o mais rápido o possível”, declarou Thiago Mendes. “Incomoda bastante, acho que temos que corrigir esse pequeno erro de estar levando gol todo jogo. Nosso intuito é de não sofrer gol. Infelizmente sofremos gol (no jogo contra o ABC) na Copa do Brasil, mas vencemos o jogo. Era um jogo que a gente esperávamos não sofrer (gols). Temos que corrigir esse pequeno erro para estar focado, marcar mais gols e não sofrer lá trás”.

Veja mais:

Maratona atrapalha e torcida do São Paulo sofre para encher o Morumbi

Ceni roda o elenco, mas deve mandar força máxima para o Choque-Rei

“Se bobear, o reserva é melhor que o titular”, diz Cícero sobre o Palmeiras

O volante, que jogou com Rogério Ceni, ainda comentou o que o treinador do São Paulo acha do momento defensivo da equipe. “Ele não gosta (de levar gols), ele já defendeu o gol do São Paulo e nunca gostou de tomar tanto gol. Acho que ele está buscando um equilíbrio para deixarmos de tomar gols, uns gols bobos e acho que ele está buscando um ajuste para acabar com isso”.