Thiago Braz avalia que terá de saltar mais de 5,90 m para conseguir medalha em Tóquio-2020

·1 minuto de leitura
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO, RJ - 16.08.2016 - Thiago Braz (BRA). (Foto: Fernanda Paradizo /Fotoarena/Folhapress)
*ARQUIVO* RIO DE JANEIRO, RJ - 16.08.2016 - Thiago Braz (BRA). (Foto: Fernanda Paradizo /Fotoarena/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O brasileiro Thiago Braz terá a oportunidade de defender a sua medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio-2020. Campeão na Rio-2016, ele está mais uma vez na final do salto com vara.

Na noite de sexta-feira (30, horário de Brasília), manhã deste sábado (31) em Tóquio, ele saltou para 5,75 m. O brasileiro Augusto Dutra, que também tinha chances de chegar à decisão, foi eliminado.

A final será disputada na terça-feira (3), às 7h20 (de Brasília). Braz avaliou que, na decisão, terá de subir para mais de 5,90 m para chegar ao pódio. "Saltei isso umas cinco ou seis vezes neste ciclo olímpico, contando provas indoor e outdoor", afirmou o atleta.

"Vamos para a final com boas expectativas, mas espero conseguir fazer um bom salto na final. A qualificação é sempre nervosa, mas acabou dando tudo certo. Na final, espero fazer um ótimo salto. Tudo depende do início de prova, de sentir o ambiente e aquela sensação da final, fora ajustar o aquecimento", disse.

"A minha cabeça está voltada para repetir os ótimos saltos que fiz nos treinos, tentar ao máximo não errar nenhuma tentativa e, se eu precisar me adaptar, que eu consiga o mais rápido possível", completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos