Textor revela oferta do Botafogo a Matheus Pereira e destaca: 'Impossível competir com Abu Dhabi'

Matheus Pereira era um dos sonhos da torcida do Botafogo (Foto: Divulgação / Al Hilal)


Após a votação da SAF no Botafogo completar um ano, John Textor participou de uma live no portal "Fogão Net" com outras páginas independentes que cobrem o clube diariamente. O norte-americano analisou a postura do Alvinegro no mercado e revelou ter feito uma oferta salarial pelo meia Matheus Pereira. No entanto, o Al-Wahda entrou na jogada e conseguiu a contratação do jogador, que estava no Al-Hilal.

+ Confira as movimentações do Botafogo no mercado na bola no Vaivém do L!


- Eu também quero trazer jogadores de nome, tentamos muito forte o Cavani em 2022. Esse ano tentamos o Matheus Pereira, fizemos uma oferta salarial competitiva para ele, mas é impossível competir com Abu Dhabi. Matheus Pereira é um grande jogador, mas é um homem de negócios ainda melhor. Abu Dhabi era um negócio melhor para ele - explicou.

Além disso, Textor projetou como o Botafogo irá se comportar no mercado nos próximos meses e disse que o clube não consegue desenvolver as receitas para um nível competitivo. Portanto, tenta ser criativo para mapear bem o mercado e fortalecer o mercado de forma eficiente.

- Eu quero jogadores que venham aqui para vestir a camisa e abraçar o projeto. Enquanto não temos uma contratação desse patamar, preferimos buscar os jogadores que o Alessandro Brito encontra e ninguém mais vê. A gente tem tempo para trabalhar nessa janela, porque as transferências internas na Europa se encerram dia 31 e nós seguimos podendo contratar - projetou.

+ Confira e simule a tabela do Campeonato Carioca

Até o momento, o Glorioso anunciou três reforços para a temporada. Tratam-se do meio-campista Marlon Freitas, ex-Atlético-GO, o zagueiro Luís Segovia, ex-Independiente Del Valle, e Carlos Alberto, revelação do América-MG.

O Botafogo volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h30, no estádio Luso-Brasileiro. O adversário será o Madureira, em confronto válido pela quarta rodada do Campeonato Carioca. O duelo contra o Vasco, que teria sido nesta segunda, foi adiado para 16 de fevereiro a pedido do mandante e criticado pelo comandante português.