Teve até beijinho! Bundesliga descarta punições por comemorações na rodada

Goal.com

O futebol voltou na Alemanha. E com ele, voltaram gols, faltas, cartões e comemorações. Existe uma recomendação clara da Liga Alemã de Futebol para que os jogadores não se toquem durante as comemorações dos gols feitos, porém, não haverá punições para quem não seguir à risca a recomendação, é o que confirmou um porta-voz da entidade reguladora do futebol alemão.

"A respeito das comemorações dos gols, isso foi algo simplesmente recomendado nas diretrizes passadas. Punições, portanto, não são necessárias", afirmou um porta voz da DFL (Liga Alemã de Futebol).

A palavra do porta-voz se torna relevante no contexto de que pelo menos um dos jogadores se expôs e comemorou um gol da sua equipe com um beijo no rosto do companheiro. Trata-se do zagueiro Dedryck Boyata, do Hertha Berlin, que, em meio a emoção, não aguentou e fez o gesto com o companheiro de equipe Marko Grujic.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

O técnico do Hertha Berlin, Bruno Labbadia falou sobre o episódio e pediu compreensão das pessoas sobre casos como esse.

"Eu espero que as pessoas de fora entendam isso. É apenas uma recomendação para ficar distante. Nós testamos negativo seis vezes, sendo ontem a mais recente. Emoções são parte disso tudo. De outra forma, não existe motivo para jogar futebol", falou Labbadia após a partida.

Erling Haaland Dortmund Schalke 16052020
Erling Haaland Dortmund Schalke 16052020
Haaland comemora o primeiro gol do retorno da Bundesliga (Foto: Getty Images)

No principal jogo da rodada, o Revierderby entre Borussia Dortmund e Schalke 04, o atacante Erling Haaland marcou o primeiro gol do retorno do campeonato e comemorou de maneira isolada, com os companheiros de equipe olhando-o à distância.

São novos tempos no futebol, em que coisas que antes eram comuns, agora são recomendadas para que não sejam feitas, como, por exemplo, cuspir no gramado, aperto de mãos e tantas oturas.

A Alemanha é o primeiro país dentre os que têm grandes ligas de futebol a retomar as atividades. A Serie A italiana e a Premier League inglesa também já acenaram com a possibilidade de volta em cerca de duas semanas, mas que ainda será decidido junto aos respectivos governos e entidades regulador

Leia também