VÍDEO: Termômetro infravermelho faz mal à saúde?

Redação Notícias
·1 minuto de leitura

Se você entrou em algum restaurante ou shopping durante a pandemia, deve ter sido rendido por algo que parece uma arma alienígena. Não demorou para que os grupos de Whatsapp começassem a espalhar mentiras, dizendo que o termômetro infravermelho faz mal à saúde.

A notícia absurda teria sido plantada por uma enfermeira australiana. Ela afirmava que um fantasioso raio infravermelho poderia atingir a glândula pineal, responsável pela produção e regulação de hormônios como a melatonina, que regula o sono.

Leia também

Outras notícias falsas ainda diziam que a luz poderia também levar à cegueira e causar câncer.

Vamos lá: não é o termômetro que emite radiação, e sim o corpo. Nosso calor sai da pele em forma de radiação infravermelha, que é captada por um sensor e interpretada pelo aparelho. Alguns deles emitem um laser-guia, mas serve apenas para mostrar onde a temperatura é tomada.

O laser é de baixa intensidade e atinge apenas uma camada superficial da pele. Sendo assim, não é capaz de atravessar o seu crânio, muito menos causar alguma doença. A Anvisa logo desmentiu em nota oficial, assim como profissionais de saúde do mundo todo que perderam um tempo precioso com essa afirmação bizarra.

Fica a dica: antes de sair compartilhando algo, confirme em algum lugar confiável a informação.