Terceiro maior artilheiro estrangeiro da história do clube, Calleri está perto de igualar grande ídolo do São Paulo


Calleri já pode ser considerado como um dos maiores nomes do São Paulo no século XXI. Contra o São Bento, na vitória por 3 a 0, completou 50 gols marcados com a camisa do Tricolor. Porém, neste sábado (25), contra o São Bernardo, pode ter a chance de ultrapassar um dos ídolos mais recentes da história do clube: Kaká.

Atualmente, o argentino já se consagrou como o terceiro maior estrangeiro do São Paulo. Estando próximo também do segundo colocado, Sastre - que somou 56 gols. No topo do ranking, está Pedro Rocha - com 119 marcados.

ATUAÇÕES: Galoppo e Wellington Rato são novamente cruciais na vitória do São Paulo

Veja tabela do Campeonato Paulista e simule os próximos jogos

Em média, o centroavante marca um gol a cada 2 jogos, aproximadamente. No ranking de artilheiros do século XXI, ocupa a nona posição. Como dito anteriormente, está atrás somente de Kaká - com apenas um gol de diferença. Ou seja, tem a chance de atingir uma marca importante neste sábado (25).

Do elenco atual, é o segundo atleta que está na lista de maiores goleadores do século. Na frente, só está Luciano - com 54 marcados. Luis Fabiano é o líder, com 212 tentos.

Calleri falou sobre atingir este feito com a camisa da equipe. Segundo suas palavras, espera ainda mais gols e quer conquistar títulos. O argentino ainda não ergueu nenhuma taça pelo São Paulo.

- É sempre especial marcar gols e alcançar feitos relevantes como esse, ainda mais aqui no São Paulo, clube que faço questão de ressaltar o carinho que tenho e o quanto sou feliz por poder fazer parte dessa brilhante história - disse.

- Não é fácil chegar a 50 gols, ainda mais por uma equipe com tamanha grandeza como é o São Paulo, onde a concorrência é fortíssima. Fico feliz em ajudar e sigo trabalhando, cada dia com mais motivação, para marcar muitos outros gols e dar alegrias para o nosso torcedor. Espero que, nesta temporada, a gente possa comemorar títulos com os nossos torcedores - completou.

Calleri - São Paulo
Calleri - São Paulo

Calleri está entre os três primeiros colocados de maiores estrangeiros da história do São Paulo (Foto:Rubens Chiri / saopaulofc.net)

O raio-X dos 50 gols de Calleri

De todas as equipes que o camisa 9 balançou as redes, a que mais sofreu foi o Trujillanos, da Venezuela. Quatro gols foram marcados em um único jogo, que aconteceu em 2016 - em sua primeira passagem pela equipe -, em jogo válido pela Copa Libertadores. A partida terminou em uma goleada por 6 a 0.

Entre os grandes rivais brasileiros, Calleri marcou mais gols em clássicos contra o Corinthians e Santos - sendo três em cada. Se contar outras equipes, contra o Água Santa, Athletico-PR, Ceará, Coritiba e Flamengo também foram três gols marcados.

Quanto aos palcos das disputas, como esperado, a grande maioria aconteceu no estádio do Morumbi. Dos 50, 30 tentos foram em casa. Isto é, cerca de 60% dos gols marcados pelo jogador com a camisa do Tricolor.

Aparentemente, o centroavante também tem um estilo 'preferido' de marcar. De todos os gols, 27 saíram com o pé direito, quatro deles de pênalti. Também marcou 20 de cabeça - uma das grandes características do jogador. Com a canhota, ainda saíram mais dois e um com a coxa esquerda. Pelo São Paulo, foram 121 partidas. Além dos gols, também deu 11 assistências.

Quanto as competições, foram 26 gols no Campeonato Brasileiro, 14 no Campeonato Paulista, nove na Copa Libertadores e um na Copa Sul-Americana.

Veja quais são os maiores artilheiros do São Paulo no século XXI:

1º Luís Fabiano – 212 gols em 352 jogos
2º Rogério Ceni – 112 gols em 906 jogos
3º França – 69 gols em 87 jogos
4º Dagoberto – 61 gols em 241 jogos
5º Hernanes – 56 em 330 jogos
6º Luciano – 54 gols em 145 jogos
6º Borges – 54 gols em 150 jogos
8º Kaká – 51 gols em 155 jogos
9º Calleri – 50 gols em 121 jogos
10º – Pato 47 gols em 136 jogos