Ter Thiago Santos é uma queda brusca de perspectiva para quem sonhou em contratar Rafael Carioca

Fabio Utz
·2 minuto de leitura

Thiago Santos no Grêmio...afinal, é uma boa contratação ou não? Essa é a pergunta que mais ouço desde ontem à noite, quando veio a informação do acerto do Tricolor com o ex-volante do Palmeiras. Pois então...boa contratação, é. Suficiente? Não.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Para quem sonhou com Rafael Carioca, um jogador que há muito tempo é destaque no México e que almeja, até, seleção brasileira, acordar com Thiago Santos é uma queda um tanto quanto brusca. Embora ambos tenham a mesma idade (31 anos), a diferença é simples: o jogador do Tigres chegaria para ser titular incontestável, enquanto o do Dallas (EUA) vai ter que disputar posição.

Darlan é um dos volantes do atual plantel gremista | NATHALIA AGUILAR/Getty Images
Darlan é um dos volantes do atual plantel gremista | NATHALIA AGUILAR/Getty Images

Recentemente, o presidente Romildo Bolzan Júnior havia dito que, momentaneamente, o Grêmio freava a busca por um volante para apostar em garotos da base, como Lucas Araújo e Fernando Henrique. O primeiro recebeu poucas chances e está sendo emprestado para o Bahia, e o segundo entra de vez em quando. Se Thiago Santos entra no rol dos nomes considerados inquestionáveis pela direção e pelo técnico Renato Portaluppi, é um erro dos mais contundentes. Pode até se tornar dono da frente da grande área com o que produzir em campo, mas vai precisar provar.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Sempre é importante ter, dentro do plantel, um jogador com as suas características. E é por isso que eu digo: ele chega para suprir uma carência do elenco, mas a sua bola não o garante entre os onze logo de cara (como é o caso do lateral-direito Rafinha). Ou, ao menos, não deveria garantir.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique aqui.