Ter Stegen desiste de disputar Eurocopa pela Alemanha para operar joelho

·1 minuto de leitura
Marc-Andre ter Stegen durante o aquecimento antes do jogo da liga entre o Barcelona e o Celta de Vigo, em 16 de maio de 2021 no estádio Camp Nou

O goleiro do Barcelona, Marc-André ter Stegen, eterno reserva de Manuel Neuer na seleção alemã, abriu mão de disputar a Eurocopa, de junho a julho, deste ano para passar por uma cirurgia no joelho, anunciou o próprio jogador nesta segunda-feira.

"Decidi, juntamente com a equipa médica do meu clube, me submeter a outra intervenção no joelho. Estou triste por perder a Eurocopa", escreveu o goleiro de 29 anos em sua conta no Instagram.

"Pela primeira vez em anos, vou torcer por meu país da casa, como um torcedor", acrescentou.

Sua operação está marcada para o dia 20 de maio. Em agosto de 2020, Ter Stegen já havia passado por outra cirurgia que o afastou de campo até novembro.

"O jogador da equipe principal, Marc ter Stegen, vai ser submetido a um procedimento terapêutico no tendão patelar do joelho direito na quinta-feira, 20 de maio, em Malmö, pelo Dr. Håkan Alfredson e sob a supervisão dos serviços médicos do clube", escreveu o Barcelona no seu site.

Ter Stegen, que disputou 24 partidas pela seleção alemã, não teve facilidade nos últimos anos em assimilar a supremacia de Neuer na preferência do técnico Joachim Löw.

Desta forma, a tendência é que a posição de goleiro reserva da 'Mannschaft' na Eurocopa seja disputada por Kevin Trapp (do Eintracht Frankfurt) e Bernd Leno (do Arsenal).

cpb/dlo/iga/grp/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos