Tenista tcheca Voracova deixa Austrália após ser detida como Djokovic

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
A tenista tcheca Renata Voracova, ficou no mesmo centro de retenção de Djokovic (AFP/MIGUEL MEDINA)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

A tenista tcheca Renata Voracova deixou a Austrália neste sábado (8) depois do cancelamento de seu visto por motivos sanitários, segundo anunciou uma fonte governamental.

Voracova, de 38 anos, estava no mesmo centro de detenção que o sérvio Novak Djokovic, ambos proibidos de entrar no país já que não cumpriram com as rígidas condições impostas no marco da luta contra a covid-19.

A tenista tcheca pegou um voo de Melboune na noite deste sábado na Austrália.

Voracova estava na mesma situação que Djokovic: não vacinada contra a covid-19, recebeu uma isenção da Federação Australiana para que pudesse disputar o Aberto da Austrália, que começa no dia 17 de janeiro, depois de ter sido infectado pelo vírus no final do ano passado.

Mas, assim como o n.º 1 do mundo sérvio, as autoridades barraram sua entrada no país, considerando que o motivo da sua isenção não cumpria as condições estritas de entrada no território no âmbito da luta contra a covid-19.

Em entrevista aos jornais tchecos DNES e Sport na sexta-feira, Voracova contou sua experiência naquele centro.

"Estou em uma sala e não posso ir a lugar nenhum", declarou a tenista especialista em dublas. "Não consigo abrir a janela mais do que alguns centímetros", continuou ela.

"Há guardas por toda parte, inclusive abaixo da minha janela, o que é muito engraçado. Talvez eles pensem que vou pular e fugir", acrescentou ela.

djw/ssy/dif/iga/aa/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos