Tenista indiana Sania Mirza se aposentará após WTA 1000 de Dubai em fevereiro

Tenista Sania Mirza

(Reuters) - A tenista Sania Mirza, ex-número um do mundo de duplas da Índia, disse que encerrará sua carreira aos 36 anos após o torneio de Dubai no mês que vem, depois que seus planos de aposentadoria para 2022 terem sido adiados por causa de uma lesão.

Mirza, considerada a maior jogadora de tênis de seu país, conquistou seis títulos de Grand Slam em duplas e competirá em sua última grande final neste mês no Aberto da Austrália, no qual ela foi campeã de duplas em 2016.

“Eu ia me aposentar logo depois do WTA Finals porque teríamos nos classificado para ele, mas rompi meu tendão no cotovelo pouco antes do Aberto dos Estados Unidos, então tive que me retirar de tudo”, disse Mirza, ao site do WTA, em entrevista publicada na sexta-feira.

Mirza, que está lidando com uma persistente lesão na panturrilha, planejava se aposentar no fim da temporada 2022, mas uma lesão no cotovelo em agosto a retirou do Aberto dos EUA.

Mirza se tornou a primeira indiana a vencer um título de simples da WTA, quando venceu o evento em sua cidade natal de Hyderabad, em 2005. Ela entrou no top 30 em 2007 e teve o melhor ranking da sua carreira como número 27 do mundo.

(Por Hritika Sharma, reportagem adicional de Akanksha Khushi em Bengaluru)