Temporada de 2021 pode ser a última da Alfa Romeo na Fórmula 1, entenda

Redação Motorsport.com
·2 minuto de leitura

O futuro da Alfa Romeo na Fórmula 1 depende do Stellantis, nome que o grupo vai assumir o resultante da fusão da Fiat-Chrysler com o Grupo PSA. Entre os planos deste novo gigante automotivo está a redefinição das atividades esportivas do grupo, a começar pela Alfa Romeo.

A Alfa Romeo é o principal patrocinador da Sauber, que inclusive rebatizou a equipe suíça há três anos, mas Fréderic Vasseur, chefe da equipe, disse em várias ocasiões que a ligação com a Alfa Romeo não precisa ser eterna. Agora o futuro esportivo da Alfa Romeo é desconhecido como resultado da fusão das marcas Fiat-Chrysler e do Grupo PSA.

A permanência da Alfa Romeo como patrocinadora da Sauber vai depender dos planos industriais do novo grupo que se forma neste primeiro trimestre de 2021.

Leia também:

Leclerc testa positivo para Covid-19; piloto da Ferrari sente sintomas leves Vettel não se preocupa por ter contato limitado com Aston Martin na pré-temporada "Nova" equipe da F1, Alpine divulga primeiras imagens da pintura do carro

De acordo com o jornal italiano La Gazzetta dello Sport, uma redefinição dos planos esportivos de todas as marcas envolvidas na fusão (Peugeot, Citroën, DS e Opel/Vauxhall, Fiat, Abarth, Alfa Romeo, Lancia, Maserati, Chrysler, RAM, Dodge e Jeep) está sendo proposta.

Em outubro do ano passado, a Sauber assinou a renovação com a Alfa Romeo, mas apenas por mais um ano. Agora há rumores que sugerem que a marca italiana deixará a F1 após a temporada de 2021. Não apenas por causa da fusão, mas também porque os modelos Stelvio e Giulia ainda não decolaram e os números de vendas não estão correspondendo às expectativas.

Esse possível fim do relacionamento também pode encerrar a colaboração da equipe com a Ferrari. O fato de os homens de Maranello terem expandido seus laços com Haas pode ser um sinal de um futuro desligamento com a Sauber.

A Renault poderia ser uma boa alternativa para a Sauber iniciar uma nova etapa a partir de 2022, segundo o portal francês F1i.com. Com a McLaren optando pelo motor Mercedes, a Renault fica sem clientes para seu motor.

Sauber e Renault não são estranhos. O homem que comanda a Sauber agora era o chefe da Renault quando a marca optou por retornar à F1 com equipe própria.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Saiba DETALHES do dia em que MAX Verstappen APANHOU do pai durante Mundial de Kart

Your browser does not support the audio element.