'Temos que manter o foco jogo a jogo', avalia técnico do Brusque

·2 minuto de leitura


Recém promovido a Série B do Brasileirão, o Brusque já pode se considerar, mesmo que precocemente, como a sensação do início de campeonato. Com duas vitórias nos dois primeiros jogos (2 a 1 contra a Ponte Preta em SC e 1 a 0 contra o Londrina no PR), o time comandado pelo técnico Jerson Testoni tem 100% de aproveitamento.

>Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

O clube vem de dois acessos seguidos. Foi campeão da Série D em 2019 e, na temporada passada, ficou entre os quatro primeiros da Série C, garantindo participação na segunda divisão nacional pela primeira vez na era dos pontos corridos. A primeira e única participação havia sido no ano de 1989.

O grande objetivo é assegurar a permanência para 2022. O técnico Jerson diz que o foco do clube é jogo a jogo em busca justamente da manutenção, mas que as prioridades irão mudando caso os bons resultados prossigam. Apesar dessa boa arrancada na competição, o treinador também prega cautela:

- O nosso primeiro objetivo é a permanência, mas se conseguirmos os resultados temos outros objetivos e vamos trabalhar muito para alcançá-los também. Ficamos muito felizes pelo início da competição. O grupo deu uma resposta muito positiva nesses dois primeiros jogos. Iniciamos com duas vitórias, isso é importante em um campeonato muito difícil e competitivo como é a Série B. Agora, temos que manter os pés nos chão. Sabemos da sequência muito forte de jogos, então esperamos continuar nessa mesma batida, focando jogo a jogo - avaliou.

Com esse destaque, apesar do técnico acreditar que o Brusque passará a ser mais observado pelos adversários, ele ressalta que todas as equipes já estudam umas as outras naturalmente:

- Todas as equipes vão ter uma atenção um pouco maior com o Brusque, embora o futebol hoje já seja muito estudado. Todas as equipes se conhecem. Viemos com resultados expressivos desde o ano passado, sendo muito competitivos, então acredito que os adversários já estudam o nosso estilo, a nossa forma de jogar. Mas temos convicção, vamos continuar o trabalho com muita humildade, os resultados vão aparecer e vamos fazer uma grande Série B.

Rara longevidade

Desde a saída de Renato Gaúcho do Grêmio, é Jerson Testoni que ostenta o posto de técnico há mais tempo à frente de um time entre os clubes das duas principais divisões do futebol brasileiro. Ele assumiu como técnico do Brusque em 30 de setembro de 2019 onde, desde então, foram 76 jogos com 41 vitórias, 18 empates e 17 derrotas.

Com o Brusque, conquistou os títulos da Copa SC (2019) e Recopa Catarinense (2020), o acesso do clube para a Série B (2021), o vice do Catarinense (2020) e também levou o clube para a quarta fase da Copa do Brasil na última temporada.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos