Sem temer o Brasil, Arce diz que Paraguai lutará pela classificação

Guarulhos (Brasil), 27 mar (EFE).- O técnico da seleção do Paraguai, Francisco Arce, afirmou nesta segunda-feira que a equipe lutará até o fim pela classificação para a Copa do Mundo de 2018 e que o primeiro passo para essa meta é buscar um bom resultado contra o Brasil, rival desta terça-feira na Arena Corinthians, em São Paulo.

"Vamos brigar pela classificação até o final", declarou Arce em entrevista coletiva prévia à partida contra a seleção brasileira, líder das Eliminatórias Sul-Americanas com 30 pontos, 12 a mais que a paraguaia, que ocupa a sétima posição.

A cinco rodadas para o término, o Paraguai está a dois pontos do Equador, que ocupa a quinta posição e seria a equipe que disputaria a repescagem.

"Deixamos de usar a calculadora há algum tempo e agora precisamos jogar sempre a vida ou a morte", comentou sobre a incômoda posição da equipe na tabela.

O técnico paraguaio minimizou a importância do clima de favoritismo sobre os brasileiros e disse que ambas as equipes se estudaram para o confronto.

"Eles estão classificados e talvez não queiram dizer. Eles nos conhecem e estudamos eles. Estamos com todas as informações. O que temos é suficiente e acho que (os jogadores do Brasil) vão manter seu nível porque recuperaram a segurança e a ordem tático", disse.

"Vamos buscar o potencial dos nossos jogadores. Trabalhamos muito e agora temos que jogar uma partida diferente. Não podemos retroceder por opção porque vão nos atacar muito", ressaltou Arce, que evitou dar indícios sobre a equipe titular.

Arce também ressaltou a presença de Neymar, que reassumirá a braçadeira de capitão da seleção brasileira na partida desta terça-feira.

"O Brasil tem uma forma de jogar definida e sabemos do potencial da equipe que vamos enfrentar. Vamos buscar e cercar Neymar quando for necessário. Precisamos e temos condições (de fazer isso)", declarou. EFE