Belgrano bane torcedores que causaram queda fatal de jovem em arquibancada

Buenos Aires, 18 abr (EFE).- O Belgrano anunciou nesta terça-feira que baniu os torcedores que agrediram e causaram a morte do jovem Emanuel Balbo, de 22 anos, que caiu da arquibancada do estádio Mario Kempes, em Córdoba, durante o clássico com o Talleres pelo Campeonato Argentino no último sábado.

Balbo ficou internado em estado gravíssimo por dois dias, mas não resistiu às múltiplas lesões e faleceu na segunda-feira.

"O Belgrano anuncia que já tornou efetiva a expulsão, com caráter eterno, aos agressores de Emanuel Balbo. O Belgrano informa que seus representantes legais já forneceram à Justiça os dados dos acusados", disse o clube no Twitter.

A promotora do caso, Liliana Sánchez, declarou que a polícia já deteve cinco pessoas por relação com o crime, das quais uma é menor de idade. Quatro delas, como mostram as imagens divulgadas por redes de televisão, empurraram e espancaram Balbo, e a outra, Oscar Gómez, é acusado de incitar as agressões.

Raúl Balbo, pai da vítima, afirmou que, antes da partida, seu filho se deparou na arquibancada com Gómez, acusado de atropelar e matar outro de seus filhos há quatro anos, quando ele tinha 14. EFE