Técnico da Espanha homenageia filha morta aos 9 anos

Luis Enrique homenageou a filha que morreu em decorrência de um câncer em 2019 (Photo by JAVIER SORIANO / AFP) (Photo by JAVIER SORIANO/AFP via Getty Images)
Luis Enrique homenageou a filha que morreu em decorrência de um câncer em 2019 (Photo by JAVIER SORIANO / AFP) (Photo by JAVIER SORIANO/AFP via Getty Images)

Espanha e Alemana fazem um dos jogos mais esperados desta primeira fase da Copa do Mundo. A expectativa aumentou depois que o time de Luis Enrique goleou a Costa Rica por 7 a 0 e os tetracampeões perderam de virada para o Japão, por 2 a 1.

Antes do confronto europeu, o treinador da Espanha, Luis Enrique, postou um vídeo nas redes sociais homenageando a filha Xana, que completaria 13 anos neste domingo (27). A menina morreu em 2019, aos nove anos, após um câncer ósseo.

Leia também:

Já estamos no 14º dia de concentração [para a Copa]. Hoje não apenas enfrentamos a Alemanha, como também é um dia muito especial porque Xanita faria 13 anos. Amor, onde quer que esteja, tenha um bom dia, muitos beijos. Nós te amamos! Tchau", disse Luis Enrique.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Xana foi diagnosticada com um osteosarcoma, que é um tumor ósseo maligno. Durante cinco meses ela passou por tratamento. Luis Enrique, inclusive, ficou afastado da seleção neste período para ficar mais próximo da filha.

Espanha e Luis Enrique

O treinador Luis Enrique tem chamado atenção na Copa do Mundo, já que ele tem feito lives em uma rede social com o objetivo de aproximar a seleção da população. E tem dado certo, pois se tornou um conteúdo bem visto.

Dentro de campo, a Fúria também tem chamado atenção. Na primeira partida no Mundial, goleou a Costa Rica por 7 a 0, nessa que é a maior goleada do torneio até o momento.