Tchê Tchê não escolhe posição e diz que São Paulo 'precisa melhorar'

Tchê Tchê está suspenso pelo terceiro amarelo e não enfrenta o Grêmio (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)
Tchê Tchê está suspenso pelo terceiro amarelo e não enfrenta o Grêmio (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)


Após o treino desta manhã no CT da Barra Funda, o São Paulo escolheu dois personagens para conceder entrevista coletiva no local, um deles foi Tchê Tchê, titular absoluto do time e homem de confiança de Fernando Diniz. O jogador falou, entre outro assuntos, sobre o desempenho da equipe, seu posicionamento em campo, e o privilégio de atuar ao lado de Daniel Alves.

TABELA
> Veja classificação e simulador do Brasileirão clicando aqui

O meio-campista admitiu que o Tricolor está devendo atuações melhores nesta temporada, mas valorizou a qualidade dos treinamentos desde que chegou ao clube. Já em relação ao seu desempenho, ele preferiu deixar para a imprensa.

- A gente se dedica, temos treinamentos intensos sempre, desde que eu cheguei aqui. Óbvio que tem que melhorar o desempenho, a gente tem que buscar as vitórias que não estão vindo nesses últimos jogos, e sobre o meu desempenho eu não tenho o que falar, vocês estão aqui para fazer isso.






Apesar de entender que o São Paulo precisa fazer mais, Tchê Tchê tem visto melhora nos últimos jogos, principalmente no clássico contra o Santos, no último sábado. Para ele, os são-paulinos mereceriam sair com a vitória.​

- A gente vem melhorando, infelizmente acontece no futebol, a gente está lá para não deixar isso acontecer, mas tem coisas que a gente não controla, tivemos mais posse de bola, óbvio que isso não adianta, criamos mais, mas agora é procurar caprichar para a gente sair com a vitória nos próximos jogos.

No empate em 1 a 1 na Vila Belmiro, Tchê Tchê foi recuado para atuar como primeiro volante, após Diniz sacar Jucilei e colocar Lizieiro. A posição não é novidade para o camisa 28, que em outras oportunidades já jogou dessa forma. Apesar de admitir que não gostava, o volante diz estar pronto para qualquer posição que o técnico escolher para ele ocupar.

- Antes não (gostava), mas depois atuei assim no Dynamo (de Kiev), então aproveitei para melhorar nesse aspecto, joguei um pouco mais para trás, mas isso é decisão do Diniz - afirmou antes de completar:

​- Estou aqui para ajudar o São Paulo, independentemente da posição, todo jogador gosta de estar jogando, comigo não é diferente, mas quem tem que avaliar é o Diniz, estou aqui só para ajudar e fazer o meu trabalho.

Por fim, Tchê Tchê falou do privilégio de poder jogar com Daniel Alves e do quanto os jogadores podem absorver dessa convivência com um jogador desse patamar. A esperança é de ainda conquistar títulos com o camisa 10.

- A gente tem o privilégio de jogar com um atleta como ele, que é extremamente vencedor no nosso esporte, que é o futebol, então a gente só tem que aproveitar, desfrutar, estar perto para que a gente possa absorver as coisas boas e títulos, porque a gente espera ganhar coisas boas com ele aqui também - concluiu.

O São Paulo volta a campo no próximo domingo, às 19h, para enfrentar o Ceará, fora de casa, pela 34ª rodada do Brasileirão-2019. Atualmente o Tricolor ocupa a sexta posição na tabela com 52 pontos, três atrás do Grêmio, o quarto colocado e concorrente a uma vaga direta na Copa Libertadores de 2020.














Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também