TAS revoga decisão da Uefa e PSG está livre para contratar na janela

Nasser Al-Khelaifi poderá investir na próxima janela de transferências (Foto: KENZO TRIBOUILLARD)

TAS revoga decisão da Uefa e PSG está livre para contratar na janela

Nasser Al-Khelaifi poderá investir na próxima janela de transferências (Foto: KENZO TRIBOUILLARD)


Com situação indefinida nos últimos meses sobre o caso de Fair Play Financeiro, o Paris Saint-Germain conseguiu uma importante vitória nesta terça-feira. O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS, em inglês) revogou a sentença da Uefa que havia retomado as investigações no clube. Com isso, os franceses não serão mais punidos pelas supostas transações fora dos padrões.

O TAS alegou que a decisão da Uefa de reabrir as negociações não respeitou o prazo de 10 dias entre a comunicação da decisão e o processo de reabertura em si. Assim sendo, o clube francês está livre para contratar na próxima janela de transferências, o que não ocorreria se a decisão do TAS tivesse sido outra.

Outro motivo para o PSG comemorar é poder manter seus grandes astros. Uma das punições impostas que poderiam ser impostas ao clube era a de vender alguns atletas para atingir um valor considerado adequado pela Uefa. Especulações na Europa já traziam a informação que Neymar seria envolvido no caso e o Real Madrid seria o provável destino do craque.


Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também