TAS pune Equador por 'caso Castillo', mas confirma seleção na Copa do Mundo

O tribunal Arbitral do Esporte (TAS) puniu a seleção do Equador com a retirada de três pontos nas próximas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo e aplicou uma multa de 100 mil francos suíços pelo chamado 'Caso Castillo', mas não excluiu a equipe do Mundial do Catar.

As federações de Peru e Chile tinham denunciado na Fifa a possibilidade de escalação irregular do jogador Byron Castillo em oito jogos das Eliminatórias e pedido a desclassificação da seleção equatoriana da Copa, que começa no dia 20 de novembro.

bur-mcd/cb