TAS confirma Equador na Copa do Mundo, mas aplica punição à seleção

Segundo o TAS, Byron Castillo, do Equador, estava apto a disputar as Eliminatórias da Copa do Mundo (Foto: DOLORES OCHOA / POOL / AFP)


O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) confirmou a participação do Equador na Copa do Mundo do Qatar nesta quarta-feira. Segundo a Corte, Byron Castillo era um atleta elegível para participar das Eliminatórias do Mundial, uma vez que as autoridades do país reconheciam o jogador como um equatoriano.

No entanto, a La Tri será punida com a perda de três pontos nas próximas Eliminatórias da Copa do Mundo. Segundo o TAS, a Federação Equatoriana usou um documento com informação falsa, o que viola o artigo 21 do Código Disciplinar da FIFA.

> Veja a tabela da Copa do Mundo

Embora Castillo tivesse um passaporte equatoriano autêntico, o Tribunal viu alguns erros. Segundo o Painel, a data e o local de nascimento do lateral estavam incorretos, uma vez que o atleta nasceu na Colômbia.

+ Por que a Copa do Mundo será em novembro e dezembro? Entenda

Assim, o Equador se prepara para a disputa da Copa do Mundo a partir do dia 20 de novembro. A equipe do técnico Gustavo Alfaro estreia na competição diante do Qatar, país sede do torneio, e busca uma vaga nas oitavas de final.