Talisca reforça carinho pelo Bahia: 'Colocou a primeira feira na minha casa'

Futebol Latino
LANCE!


Em entrevista dada ao programa de TV 'Jogo Aberto', da 'TV Bandeirantes', o meia-atacante Anderson Talisca não teve meias-palavras ao comentar sobre quais seriam as suas prioridades mediante a uma possível volta ao futebol brasileiro.

Para ele, pensando no sentimento de gratidão e também a questão estrutural que o Bahia alcançou em sua atual gestão, não haveria porquê não colocar o Tricolor no topo de sua intenção jogando no Brasil:

- Voltando ao Brasil, no momento que está, eu jogaria no Bahia. Foi o clube que colocou a primeira feira na minha casa. Eu cresci no Bahia.

O vice-presidente de futebol do clube, Vitor Ferraz, tratou de ser bastante contido ao comentar sobre o tema. Para ele, não existem possibilidades claras de retorno nesse momento de Talisca, estando a ajuda do atleta hoje com 26 anos de idade alocada no seu cadastro de programa de sócio-torcedor.

- Talisca está longe, mas está sempre perto. Ele tem essa conexão forte com o clube e tem amor. Ele está aqui em Salvador e quando viu a movimentação procurou a gente. Ele disse que queria ajuda no Sócio Centenário e queria divulgar. É fruto dessa relação. Um dia ele vai voltar. Infelizmente, não vai ser agora. Um dia ele volta e vai nos dar alegrias, mas hoje ele ajuda no Sócio Centenário - descreveu o dirigente.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também