Reforço do Real, Kubo rejeita alcunha de 'Messi japonês'

Yahoo Esportes
Takefusa Kubo durante a estreia do Japão na Copa América (Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images)
Takefusa Kubo durante a estreia do Japão na Copa América (Chris Brunskill/Fantasista/Getty Images)

Durante a estreia da seleção japonesa na Copa América, todos os olhos estavam voltados para um atleta em campo: Takefusa Kubo, de apenas 18 anos, um dos novos reforços do Real Madrid. E após uma boa atuação, apesar da derrota por 4 a 0 para o Chile, o garoto rechaçou a alcunha de "Messi Japonês".

"Não gosto que me comparem com um jogador tão grande quanto o Messi, mas seguirei trabalhando", afirmou o jogador durante sua passagem na zona mista em um espanhol sem falhas.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também

Durante a partida, o jovem mostrou porque foi contratado pelo Real Madrid. Quando tocava na bola, ele mostrava bastante habilidade, o que incluiu uma caneta em Erick Pulgar, o volante defensivo do Chile. Uma das melhores chances dos nipônicos veio quando Kubo tabelou com Yuta Nagayama e bateu na rede pelo lado de fora.

"Tivemos duas ou três ocasiões claras quando o placar estava em 1 a 0. Não conseguimos marcar e eles aproveitaram as chances seguintes que tiveram", disse Kubo.

O atacante japonês treinou no Barcelona de 12 aos 15 anos de idade, mas acabou voltando ao seu país natal após o clube catalão ser punido e também pelo fato de que ele não poderia atuar até fazer 18 anos.

Durante o último fim de semana, o Real Madrid anunciou a contratação do atacante junto ao FC Tokyo por 2 milhões de euros. Inicialmente, ele chega para reforçar o Castilla, Time B do Real. O plano é que ele seja integrado ao grupo principal a partir de sua segunda temporada.

Siga o Yahoo Esportes: Twitter | Instagram | Facebook | Spotify | iTunes

Leia também