Taison e Inter intensificam “namoro”: jogador do Shakhtar vai voltar?

Goal.com

E Taison pode estar cada vez mais próximo de retornar ao Internacional. Vendido pelo clube gaúcho em 2010 ao futebol ucraniano, dez anos depois, o atacante flerta com o Colorado para vestir novamente a camisa da equipe.

O contrato do atacante com o Shakhtar só vai até junho de 2021. Como o Inter vive uma crise financeira grave, especialmente em meio a pandemia do coronavírus, um meio de "burlar" a intransigência dos ucranianos, conhecidos por serem duros em negociações, seria assinar um pré-contrato com o ídolo na virada do ano.

Assim, com o Internacional querendo o retorno do jogador e o próprio Taison desejando voltar ao Brasil, apenas tempo separaria ambas as partes. Recentemente, inclusive, como revelou o Globo Esporte, o treinador do clube, Eduardo Coudet, teria conversado por telefone com o atacante.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Uma das razões pela qual o atleta pretende voltar ao Brasil seria um drama pessoal. Em entrevista concedida ao Jogo Aberto, da TV Bandeirantes, o craque revelou que seu pai está doente. Assim, afirmou que gostaria de ficar perto de sua família neste momento difícil.

As relações de Taison com o futebol ucraniano já estão estremecidas faz algum tempo. Não é segredo para ninguém que o atacante gostaria de deixar o Shakhtar, mas viu o clube recusar todas as propostas de venda do jogador.

Depois das recusas, outro fato fez com que o ídolo do Internacional tivesse ainda mais vontade de sair da Ucrânia: o atleta, ativista na luta antirracista, recebeu insultos de ordem racial das arquibancadas, durante partida do campeonato nacional, se revoltou e ainda foi expulso, no final de 2019. Esta, segundo apuração da Goal na época, foi a gota d'água para o veterano.

Sendo melhor que Messi ou não, é inegável que Taison seria um grande reforço para o Colorado. Como todas as partes parecem estar de acordo, é bem provável que o negócio saia...em 2021.

Leia também