Tailândia dá boas-vindas aos primeiros turistas desde março

·1 minuto de leitura
Um avião de 39 turistas chineses chegou de Xangai ao aeroporto Suvarnabhumi de Bangcoc na noite de terça-feira e foi recebido pela equipe, que usava trajes de proteção completa
Um avião de 39 turistas chineses chegou de Xangai ao aeroporto Suvarnabhumi de Bangcoc na noite de terça-feira e foi recebido pela equipe, que usava trajes de proteção completa

A Tailândia deu as boas-vindas ao primeiro grupo de turistas em sete meses, como parte de um experimento para analisar se é possível uma abertura mais ampla.

Um avião de 39 turistas chineses desembarcou na noite de terça-feira no aeroporto Suvarnabhumi, de Bangcoc, procedente de Xangafi, e foi recebido pela equipe, que usava trajes de proteção completa.

Os visitantes foram submetidos a controles de saúde, e suas bagagens, desinfetadas. Depois, vestiram trajes de proteção e foram levados para o local onde cumprirão uma quarentena de duas semanas.

"É um bom sinal que os estrangeiros confiem em nossas medidas de segurança", disse o ministro da Saúde, Anutin Charnvirakul, em um comunicado.

"Ordenei aos funcionários que cuidem bem dos turistas, porque se estiverem a salvo, os tailandeses também estarão", acrescentou.

A pandemia atingiu em cheio a economia deste país do Sudeste Asiático. Estima-se que oito milhões de pessoas ficaram desempregadas neste ano. 

Muitas dessas vagas perdidas ocorreram no setor turístico, em um país que registrou 40 milhões de visitas internacionais em 2019. 

Os turistas usufruíram de um plano especial de vistos, com 1.200 vagas disponíveis, que permite estada de até nove meses. 

lpm/rs/oho/rma/pc/mb/aa/tt