Tóquio estuda novo estado de emergência a 200 dias dos Jogos

LANCE!
·1 minuto de leitura


A 200 dias da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio, as autoridades japonesas ligam o alerta para a situação do Covid-19 no país. Nesta segunda-feira, o governo limitou o horário de funcionamento de restaurantes e pediu aos moradores que evitem passeios não urgentes e não essenciais após as 20h. Um novo estado de emergência está nos planos.

Isso significa que os governos locais recomendarão o fechamento de empresas e que a população permaneça em suas casas, mas não há sanções em caso de não cumprimento da medida.

A agência de notícias Kyodo informou que o estado de emergência deve começar na sexta-feira e durar pelo menos até o fim do mês. A capital registrou nesta segunda-feira 884 novos casos de Covid-19. A semana passada foi a 14ª consecutiva em que o total de casos semanais no país aumentou. O número de mortos no período foi dez vezes maior. Na quinta-feira, o país superou pela primeira vez a marca de 4 mil novos infectados em 24 horas.

O primeiro-ministro japonês, Yoshihide Suga, caracterizou o aumento de casos como "muito grave", mas reforçou o compromisso de Tóquio para realizar a Olimpíada. Ele também afirmou que organização do evento será "uma prova de que a humanidade venceu o vírus".

Suga disse que o governo aguarda dados precisos das farmacêuticas americanas até o fim do mês para que uma campanha de vacinação tenha início no fim de fevereiro. Os primeiros vacinados serão os profissionais da saúde, os idosos e os funcionários de casas de repouso, além do primeiro-ministro.