Título da Copa do Brasil, que selou Tríplice Coroa do Palmeiras, completa seis meses

·3 minuto de leitura


Há exatos seis meses, o Palmeiras superou o Grêmio no Allianz Parque para conquistar a Copa do Brasil, o terceiro título da vitoriosa temporada de 2020/21. A taça, que selou a Tríplice Coroa alviverde, foi o último troféu erguido pelo time durante um dos períodos mais vencedores de sua história.

O clube começou o ano com o pé direito ao bater o Corinthians na final do Paulistão logo após a volta do futebol, paralisado por causa da pandemia. Apesar da conquista, a equipe comandada por Luxemburgo não empolgava nas principais competições. Depois de uma sequencia negativa, o treinador foi demitido.

Andrey Lopes assumiu a vaga e reconduziu o Palmeiras ao caminho das vitórias, enquanto a diretoria buscava um novo treinador. No período, ‘Cebola’ foi responsável por encaminhar a classificação do Verdão nas oitavas de final da Copa do Brasil, com uma vitória por 3 a 1 fora de casa contra o Red Bull Bragantino.

Foi então que o português Abel Ferreira foi contratado para o cargo. A estreia aconteceu justamente no jogo de volta do mata-mata diante do ‘Bragabull’. Na ocasião, o Alviverde venceu novamente, dessa vez por 1 a 0, e avançou para as quartas de final.

O adversário seguinte foi o Ceará. À época, o Palmeiras enfrentava dificuldades em decorrência do surto de Covid-19 no elenco. Ainda assim, Abel conseguiu manejar o plantel e montar a estratégia certa para triunfar de novo. Com 3 a 0 na ida e 2 a 2 na volta, o time se classificou para a próxima fase.

As semifinais contra o América-MG aconteceram próximas às da Libertadores diante do River Plate. O Verdão levou um susto no primeiro jogo e apenas empatou em casa com o líder da Série B naquele momento. No segundo confronto, apesar da tensão, o time venceu por 2 a 0 e passou para a final.

Do outro lado, estava o Grêmio de Renato Gaúcho, campeão da Copa do Brasil em 2016 e carrasco do Palmeiras na Liberta de 2019. A equipe gaúcha, que havia deixado para trás o São Paulo, jogava para além do título, por uma vaga direta na Libertadores, que o Verdão havia vencido cerca de um mês antes.

No primeiro duelo, o Maior Campeão Nacional foi quem largou na frente com Gustavo Gómez. Seu parceiro de zaga Luan foi expulso na etapa final e dificultou um jogo que estava tranquilo. Mesmo com um a menos, o bloqueio alviverde funcionou, e o placar final terminou em 1 a 0.

A partida da volta no Allianz Parque foi marcado por ampla superioridade do time da casa. Com o resultado a seu favor, o Palmeiras fez 2 a 0 no segundo tempo e conquistou mais uma taça. Além de selar a tríplice coroa alviverde, o título isolou o clube como único tetracampeão da Copa do Brasil, atrás apenas do Grêmio, com 5, e do Cruzeiro, com seis.

Nesta temporada, o Alviverde não pode mais defender o título, porque foi eliminado na terceira fase da competição contra o CRB. Resta apenas a Libertadores dos três troféus para tentar o bicampeonato seguido. O time enfrenta o Atlético-MG pela semifinal da copa nos dias 21 e 28 deste mês.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos