Título chinês fica entre Guangzhou de Elkeson e Beijing de Renato Augusto

Brasileiros em campo no Chinesão (Foto: Sina)
Brasileiros em campo no Chinesão (Foto: Sina)


A decisão da temporada 2019 da Superliga Chinesa ficou para a última rodada, no próximo fim de semana. E ficou polarizada entre Guangzhou Evergrande, de Elkeson, Paulinho e Talisca, e Beijing Guoan, de Renato Augusto. Nesta quarta-feira, líder e vice-líder venceram bem suas partidas e a diferença de dois pontos entre eles foi mantida. Para o time da capital reverter esse quadro e garantir o título é preciso vencer seu último compromisso e torcer para o Guangzhou perder.

Jogando fora de casa contra o Guangzhou R&F, o Beijing tratou logo de mostrar que há esperança de levantar uma taça que não conquista há dez anos. Renato Augusto abriu o placar aos 28’. Cinco minutos depois, o time já vencia por 3 a 0, com mais dois gols de Bakambu. Ainda sofreria um gol de Saba no primeiro tempo, mas ampliaria na etapa final com Zhang Yuning, fechando em 4 a 1 e chegando aos 67 pontos.

- Fizemos a nossa parte hoje, com uma grande atuação. O Guangzhou também venceu e a definição do campeão ficou para a última rodada. Eles ainda têm uma boa vantagem, mas estamos felizes por, ao menos, já termos garantido o segundo lugar, o que nos dá uma vaga direta na Liga dos Campeões da Ásia, o que também já coroa a bela temporada que fizemos. Mas, como ainda temos chances, vamos brigar por esse título - disse Renato Augusto.

Com dois gols de Paulinho e um de Talisca, o Guangzhou, também fora de casa, derrotou o Hebei Fortune por 3 a 1 e colocou uma das mãos na taça, chegando aos 69 pontos. Em caso de empate em pontos entre as equipes na última rodada, o que pode acontecer, o Guangzhou levaria vantagem sobre o Beijing pelo primeiro critério de desempate, que é o do confronto direto. No primeiro encontro entre eles, vitória do Beijing por 1 a 0. Mas, já no segundo, o Guangzhou venceu por 3 a 1.

- Realmente, ficamos bem perto de mais um título. Continuamos dependendo apenas de nós para levantar mais uma taça, mas temos que entrar novamente com a máxima seriedade possível na última rodada, porque ainda não ganhamos nada - comentou Elkeson, que entrou aos 25 minutos do segundo tempo. O atacante, aliás, está perto de conquistar seu quinto título chinês: ganhou três pelo próprio Guangzhou e, no ano passado, com o Shanghai SIPG.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também