Técnico do Schalke 04 lamenta ausência de torcedores no clássico, mas confia em apoio mesmo de longe


Com a volta da Bundesliga no próximo fim de semana, outra prática comum que foi retomada nesta quinta-feira foi a coletiva de imprensa pré-jogo. No entanto, a entrevista teve que ser um pouco diferente do habitual, sem a presença física dos jornalistas que enviaram perguntas previamente. A ausência é por determinação das autoridades alemãs em virtude da COVID-19.

O técnico do Schalke 04, David Wagner, concedeu a sua conferência antes do clássico do Vale do Ruhr contra o Borussia Dortmund e lamentou que os fãs não possam estar no Signal Iduna Park no duelo para evitar aglomerações. O comandante, porém, ressaltou a importância da partida.

- Este não é apenas um jogo antigo, é o dérbi. É o Schalke contra o Dortmund e ainda é o maior jogo da temporada para nós. Mesmo que os torcedores não possam estar conosco no estádio, sei que ainda estarão atrás de nós. Ainda é um dérbi, com ou sem fãs. Ainda queremos vencer a todo custo - disse Wagner.

O treinador lembrou que o tempo de preparação para esta partida não foi o ideal, já que o futebol ficou paralisado por dois meses, e disse que precisam aceitar este fato inusitado.

- Todas as equipes estão entrando neste fim de semana sem muito tempo de preparação, então todos nós temos que simplesmente aceitá-la.








Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também