Técnico do São Paulo lamenta estreia, mas frisa que não há nada perdido

São Paulo do técnico Orlando Ribeiro e do paraguaio Galeano venceu com facilidade (Rubens Chiri/saopaulofc.net)
São Paulo do técnico Orlando Ribeiro e do paraguaio Galeano venceu com facilidade (Rubens Chiri/saopaulofc.net)


A estreia do São Paulo na Copinha não foi nada daquilo que o clube e a torcida esperavam. Diante do Operário, do Paraná, o Tricolor ficou no empate sem gols e, pior do que isso, a equipe não correspondeu dentro de campo. Apesar do tropeço, o técnico Orlando Ribeiro mantém a calma e lembra que ainda há outros dois jogos na fase de classificação para que os garotos de Cotia tentem avançar na competição.

- No ano passado também empatamos uma na primeira fase e fomos campeões. Não tem nada perdido, tudo serve de aprendizado e amadurecimento - afirmou o comandante do São Paulo, relembrando o empate com a Ferroviária na temporada passada e também pontuando que o clube do Morumbi é o atual campeão da Copinha.

Embora o discurso seja de compreensão, Orlando Ribeiro não esconde a decepção pelo resultado na estreia, sobretudo diante de uma equipe que possui um investimento muito inferior ao do São Paulo na categoria de base.

- Realmente a ideia era uma vitória, mas tinha uma boa equipe do outro lado, e como dizem os mais antigos, só dão valor para um empate, depois que perdem, então vamos ver como outros times do grupo se comportarão diante deles também. Vamos ajustar, principalmente na frente (ataque) para o próximo jogo. Sabemos que o torcedor quer a vitória, lutamos, mas ainda faltou uma coisinha na finalização. Não perdemos nenhuma na defesa.

Cabeça de chave do Grupo 29 da Copinha, o São Paulo divide a segunda colocação com o Operário. O próximo desafio dos garotos de Cotia será na próxima terça, às 21h30, contra o Palmeira, do Rio Grande do Norte. A partida será disputada no estádio Primeiro de Maio, em São Bernardo do Campo.




Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também