Técnico do PSG diz que situação contratual de Mbappé 'não é um problema'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Kylian Mbappé em ação pelo Paris Saint-Germain na partida contra o Strasbourg, pela 2ª rodada do Campeonato Francês (AFP/bertrand GUAY)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Mauricio Pochettino
    Mauricio Pochettino
    Futebolista argentino

Técnico do Paris Saint-Germain, o argentino Mauricio Pochettino, afirmou neste domingo que a situação contratual do atacante Kylian Mbappé "não é um problema" para sua equipe.

"No futebol, um jogador pode ser afetado por sua situação contratual se não tiver maturidade suficiente. Kylian tem a maturidade necessária. Não é um problema", destacou o argentino ao lembrar que o jovem atacante francês tem contrato com o PSG até o próximo dia 30 de junho.

Desde 1 de janeiro, Mbappé está livre para assinar na próxima temporada com quem quiser, sem que seu atual clube seja compensado financeiramente com uma eventual transferência.

A diretoria do time parisiense tenta convencer o jogador de 23 anos a prolongar seu vínculo, iniciado em 2017, mas as negociações não avançam há vários meses.

O Real Madrid, que já tentou contratá-lo em agosto, aparece como o destino mais provável do artilheiro caso ele saia.

"Como todo mundo, esperamos que ele possa continuar por muito tempo no clube. É uma decisão a ser tomada por ambas as partes", disse Pochettino.

“Neste ano, espero que mostre o desempenho que teve no ano passado e que a solução seja positiva para todos”, acrescentou o treinador.

Suspenso no último jogo do ano, no empate (1 a 1) com o Lorient pelo Campeonato Francês, Mbappé, artilheiro do PSG nesta temporada, deve estar em campo nesta segunda-feira contra o Vannes, jogo que define vaga para as oitavas de final da Copa da França.

ah/psr/lca

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos