Técnico do Newcastle deixa o clube após venda para sauditas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 min de leitura
Steve Bruce, técnico do Newcastle United
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Por Shrivathsa Sridhar

(Reuters) - O técnico Steve Bruce deixou o comando do Newcastle United por consentimento mútuo, disse o time inglês em um comunicado nesta quarta-feira, duas semanas depois de ser comprado por um consórcio apoiado pela Arábia Saudita.

Bruce parecia estar com os dias contados desde que a liga inglesa anunciou no início deste mês que o Newcastle foi vendido a um consórcio liderado pelo Fundo de Investimento Público (PIF) da Arábia Saudita.

Depois da mudança de proprietário, o treinador de 60 anos disse que entenderia se fosse substituído, mas foi autorizado a ficar no comando para a milésima partida de sua carreira de técnico, na qual o Newcastle perdeu para o Tottenham Hotspur em casa por 3 x 2 em um jogo da liga no domingo passado.

Mas os sinais não são positivos, já que a nova diretora do Newcastle, Amanda Staveley, disse que "a mudança nem sempre acontece da noite para o dia".

"Sou grato a todos ligados ao Newcastle United pela oportunidade de treinar este clube de futebol único", disse Bruce em um comunicado do time.

"Gostaria de agradecer minha equipe técnica, os jogadores e a equipe de apoio em particular por todo seu trabalho duro. Houve altos e baixos, mas eles deram tudo, mesmo em momentos difíceis, e deveriam estar orgulhosos de seus esforços".

O Newcastle disse que o assistente de Bruce, Graeme Jones, comandará o time em caráter interino, começando com o confronto de sábado no campo do Crystal Palace.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos