Técnico de Marrocos sonha com campanha histórica na Copa do Mundo: 'Por que não?'

Ziyech e seus companheiros na vitória contra o Canadá (Foto: NATALIA KOLESNIKOVA / AFP)


Com duas vitórias e a classificação como líder de um grupo com seleções como Bélgica e Croácia, Marrocos tem, no Qatar, a esperança de superar a melhor campanha da história do país em Copas do Mundo. Em 1986, os Leões do Atlas foram eliminados nas oitavas de finais para a Alemanha Ocidental, já em 2022, os marroquinos terão a Espanha como adversária.

O sonho de superar a marca histórica de 1986 está vivo tanto nos torcedores, quanto na comissão técnica da equipe. Walid Rekragui, treinador da seleção marroquina, afirmou que o Marrocos pode sim sonhar alto na Copa do Mundo, e almejar uma possível conquista.

- O sonho de ganhar a Copa do Mundo é um direito legítimo de qualquer time. Por que não podemos sonhar em ir longe no torneio? Enviamos uma forte mensagem a todas as seleções de que estamos prontos, e as seleções africanas devem acreditar em suas chances e sonhar com isso. Vencemos a Bélgica e o Canadá - disse Walid.

+ Chaveamento da Copa do Mundo: veja cruzamentos do mata-mata até a final

O comandante da seleção, no entanto, afirmou que sua principal missão será conter a euforia dos jogadores após a classificação com boas atuações. Walid, emocionado, fez questão de dizer que está vivendo um grande momento profissional e que a Copa do Mundo é uma experiência única.

+ Eliminados da Copa do Mundo 2022: veja as seleções fora das oitavas de final

- Meu papel agora é aderir ao realismo e manter os pés no chão, porque o que estamos passando acontece uma vez a cada quatro anos, e podemos não ter essa oportunidade novamente. Temos que dar o nosso melhor para o nosso povo e para o nosso país. Podemos nos alegrar, mas temos que focar para recomeçar e seguir em frente. Participar da Copa do Mundo, como vocês sabem, é uma grande coisa. Fui jogador da seleção, mas não tive a oportunidade de jogar a Copa do Mundo. Tentei duas vezes, mas não consegui. Deus deu essa oportunidade agora, e ele me deu para passar pela experiência como treinador e fazer história.. Sou a pessoa mais feliz do mundo - finalizou.