Técnico do Irã diz que jogadores da seleção têm o direito de se expressar

O técnico do Irã, o português Carlos Queiroz, disse nesta terça-feira que os jogadores de sua seleção têm o "direito a se expressar" durante a Copa do Mundo, enquanto um movimento de protestos sacode o país há dois meses.

"É exatamente como na Inglaterra. Você segue o espírito do jogo e as leis da Fifa sempre que se expressa no futebol, segundo estes princípios e valores. Todo mundo tem o direito de se expressar", disse Queiroz em entrevista coletiva em Doha.

"Alguns se ajoelham, uns concordam, outros não. O Irã é exatamente o mesmo", continuou o treinador. "Está fora de questão pensar que a seleção iraniana está sofrendo problemas desse tipo".

"Os jogadores têm uma coisa na cabeça, que é lutar pelo sonho de estar na segunda fase", acrescentou. "São pessoas humildes, compreendem uma coisa muito sensível. Se formos capazes de fazer isso, farão parte da história, porque o Irã esteve na Copa do Mundo seis vezes, nunca passou da primeira fase. Eles não querem ser uma parte da história, querem fazer história".

Um movimento de protestos duramente reprimido sacode o Irã desde a morte, há dois meses, de Mahsa Amini, uma jovem curda iraniana de 22 anos detida por violar o restrito código de vestimenta que obriga as mulheres a usarem o véu islâmico em público.

Vários jogadores da seleção do país expressaram seu apoio a este movimento nas redes sociais, se recusando a cantar o hino nacional antes dos jogos.

A estrela do time, Sardar Azmoun, foi notícia por ter expressado seu apoio às manifestações, ao ter denunciado a repressão no Irã, com várias mensagens nas redes sociais.

Sua conta no Instagram, que tem mais de cinco milhões de seguidores, ficou fora do ar durante vários dias antes de ser restabelecida.

O Irã está no Grupo B da Copa do Mundo e estreia no dia 21 de novembro contra a Inglaterra. Depois, enfrenta o País de Gales no dia 25 e no dia 29 reedita o duelo de 1998 contra os Estados Unidos, vencido pelos iranianos por 2 a 1.

kn/ng/djm/iga/cb