Técnico interino do Vasco pondera gramado ruim, mas reclama da arbitragem: 'Foi pênalti no Cano'

·1 minuto de leitura


Mais um empate. São cinco jogos de invencibilidade, mas o Vasco não consegue subir na tabela. Contra o CSA, o time saiu na frente, levou a virada e obteve o empate. Tudo isso jogando também contra o gramado castigado pela chuva. E, de acordo com o técnico interino Alexandre Gomes, prejudicado por decisões do árbitro Rodrigo Dalonso.

- Acho que poderíamos ter saído daqui com resultado melhor. Foi pênalti no Cano. A falta do Marquinhos Gabriel, que resultou no segundo gol do CSA, não existiu, e o Dalonso terminou o jogo numa transição nossa - criticou o treinador.

O lance sobre o atacante vascaíno foi no segundo tempo. E quando o apito final foi ouvido, ainda não havia quatro minutos de acréscimos completados, conforme o próprio árbitro havia sinalizado.

-> Confira a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

E além disso tudo, o Vasco ainda teve um prejuízo antes de a bola rolar. No aquecimento, Andrey sofreu uma lesão e foi substituído por Bruno Gomes. Fora o estado do gramado.

- Fizemos planejamento, preleção para um campo seco. Chegamos e choveu forte. Tivemos que nos adequar às condições do gramado. Fomos buscar um placar adverso - lembrou Alexandre.

O novo técnico do Vasco, Lisca, assume a equipe vascaína nesta sexta-feira. O primeiro desafio será contra o Guarani, neste sábado.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos