Técnico garante que Jorge Wilstermann vai atacar o Palmeiras

O Jorge Wilstermann surpreendeu na primeira rodada do grupo 5 da Libertadores, e goleou o tradicional Peñarol por 6 a 2, jogando na Bolívia. Agora, o objetivo da equipe é pontuar também diante do Palmeiras, no Palestra Itália, em partida que acontece às 21h45 (de Brasília) desta quarta-feira.

O treinador do time de Cochabamba, Roberto Mosquera, garantiu que seus comandados não ficarão apenas se defendendo. A palavra-chave para o peruano é equilíbrio.

“Se perceberem que estamos atrás, na defesa, é porque o Palmeiras está nos empurrando. Por nossa escolha, não vamos ficar atrás, vamos jogar. O importante é o equilíbrio”, explicou o treinador, que já enfrentou o Verdão na Libertadores, em 2013, quando treinava o Sporting Cristal, do Peru. Em dois jogos, uma vitória para cada lado.

Mosquera fez questão de exaltar a qualidade do elenco comandado por Eduardo Baptista. Para ele, porém, a capacidade de seus atletas também deve ser lembrada.

“O Palmeiras é muito forte, com Dudu, Borja, Keno, Michel Bastos. São bons jogadores, todos eles, mas os nossos também”, lembrou Roberto, que mostrou muito bom humor e confiança durante o reconhecimento do gramado do estádio do Verdão.

Por fim, o peruano também elogiou o atleta mais conhecido do Jorge Wilstermann, o experiente zagueiro brasileiro Alex Silva, com passagem, inclusive, pela Seleção Brasileira, além de grandes clubes, com destaque para o São Paulo, onde teve mais destaque.

“Ele é importante porque conhece o futebol brasileiro, e nos fala sobre como são as coisas. Ele é importante também porque é um grande zagueiro, e uma grande pessoa”, finalizou o comandante dos bolivianos.

*Especial para a Gazeta Esportiva